Sangue na Guelra

< listing
Origins

Origins com chef Leonardo Pereira

Os Jantares Origens – iniciativa ‘satélite’ do Sangue na Guelra – Young Chefs with Guts -, estão de volta , no Vestigius Wine Bar, no próximo dia 30 de Novembro, desta vez com o chef Leonardo Pereira, que apresentámos na última edição do Sangue na Guelra, em Abril.

Este jantar Origens marca o regresso de Leonardo a Portugal, após vários anos a trabalhar nalguns dos melhores restaurantes do mundo, o último dos quais o Noma, em Copenhaga, o primeiro da lista World 50th Best.

Origens apresenta jovens chefs que já passaram pelo Sangue na Guelra, ou, se não passaram, são cozinheiros carismáticos e inventivos, que têm uma história para contar através de um jantar.

Leonardo Pereira vai apresentar um menu especial, que simboliza um retorno às suas memórias e às suas referências, que são também o ponto de partida para o futuro da sua cozinha, nas Areias do Seixo, onde vamos poder encontrá-lo a título permanente a partir de 25 de Dezembro próximo.

“Nunca imaginei sequer regressar a Portugal. Até que um dia, há um ano… Chegou a hora de reaprender a minha língua, tocar no meu solo e sentir que também ele é português. Chegou, enfim, a hora de me redescobrir e questionar toda a minha formação para reerguer os meus sonhos. Estas são as minhas origens. Decidi sair de Portugal ainda jovem e não me arrependo. Trabalhei arduamente, guardo recordações de poucas horas de sono, queimaduras e uma vida social marginal, mas encontrei o que precisava: amizade. Nada melhor para a alma do que dedicarmo-nos a uma causa sem esperar nada em troca. Foi o que me moveu nas minhas viagens para estagiar na Suécia (Oaxen) e em Espanha (El Poblet & Mugaritz). Escolhi ficar nesse lugar fascinante que é a Dinamarca. O Noma foi a minha casa durante quatro anos e meio e o resto são estórias….”.

Com vinhos Lua Cheia em Vinhas Velhas (Douro); Peixe dos Açores, com Espada Pescas; Legumes e vegetais biológicos locais, com Biofrade, a quem agradecemos desde todo o apoio para a realização deste jantar.

Origens, tal como o Sangue na Guelra, pretende quebrar regras e convenções e desafia os chefs participantes a deslocarem-se para fora da sua zona de conforto, assumindo-se como um espaço de experimentaçãoO, ousadia e criatividade.

O mesmo desafio é lançado aos comensais: Origens não é um jantar, é uma aventura, uma experiência, informal e intimista, para um grupo restrito de 25 pessoas.

< listing
Origens @pt-pt

Origens com chef Leonardo Pereira

Este jantar Origens marcou o regresso do chef a Portugal, após vários anos a trabalhar nalguns dos melhores restaurantes do mundo, o último dos quais o Noma, em Copenhaga, o primeiro da lista World 50th Best.

Leonardo Pereira apresentou um menu especial, que simbolizou um retorno às suas memórias e às suas referências, que são também o ponto de partida para o futuro da sua cozinha, nas Areias do Seixo, onde vamos poder encontrá-lo a título permanente a partir de 25 de Dezembro próximo.

“Nunca imaginei sequer regressar a Portugal. Até que um dia, há um ano… Chegou a hora de reaprender a minha língua, tocar no meu solo e sentir que também ele é português. Chegou, enfim, a hora de me redescobrir e questionar toda a minha formação para reerguer os meus sonhos. Estas são as minhas origens. Decidi sair de Portugal ainda jovem e não me arrependo. Trabalhei arduamente, guardo recordações de poucas horas de sono, queimaduras e uma vida social marginal, mas encontrei o que precisava: amizade. Nada melhor para a alma do que dedicarmo-nos a uma causa sem esperar nada em troca. Foi o que me moveu nas minhas viagens para estagiar na Suécia (Oaxen) e em Espanha (El Poblet & Mugaritz). Escolhi ficar nesse lugar fascinante que é a Dinamarca. O Noma foi a minha casa durante quatro anos e meio e o resto são estórias….”.

Com vinhos Lua Cheia em Vinhas Velhas (Douro); Peixe dos Açores, com Espada Pescas; Legumes e vegetais biológicos locais, com Biofrade, a quem agradecemos desde todo o apoio para a realização deste jantar.